Na Paraíba eleições para Conselho Tutelar será com Urnas Eletrônicas - Desterro1

ÚLTIMAS

Desterro1

O Blog numero 1 de Desterro.

Publicidade e Propaganda

test banner

PUBLICIDADE CAPA 2 - DESTERRO

test banner

ANUNCIO INTERNO 1

PUBLICIDADE test banner

3 de abr. de 2013

Na Paraíba eleições para Conselho Tutelar será com Urnas Eletrônicas


Thércio Rocha: 
MÃE D'ÁGUA PB - Pela primeira vez na história o município localizado no sertão paraibano, a eleição deste ano para o Conselho Tutelar terá urnas eletrônicas e toda uma estrutura eleitoral digna de eleições para cargos eletivos (Legislativo ou Executivo). E que irá proibir até mesmo a boca de urna para candidatos.

A cidade que faz parte da 30ª zona eleitoral situada em Teixeira será a 1ª cujas eleições serão parametrizadas, ou seja, realizadas com urna eletrônica, o que facilitará o processo de apuração e segurança do voto.

De acordo com informações da Drª. Débora Fonseca Pontes, Chefe do Cartório da 30ª zona, todas as medidas estão sendo tomadas pelo TRE/PB, tanto na realização das eleições como também no treinamento dos mesários.

Quatro urnas serão utilizadas na votação que é facultativa – o eleitor não é obrigado a comparecer as urnas. Vai competir ao candidato à procura pelo eleitor e o convencimento dele para que vá à urna. A eleição será no dia 14 de Abril.

CONSELHEIRO TUTELAR - O conselheiro tutelar, no cumprimento de suas atribuições legais, trabalha diretamente com pessoas que, na maioria das vezes, vão ao Conselho Tutelar ou recebem sua visita em situações de crises e dificuldades - histórias de vida complexas, confusas, diversificadas.

É vital, para a realização de um trabalho social eficaz (fazer mudanças concretas) e efetivo (garantir a consolidação dos resultados positivos), que o conselheiro tutelar saiba ouvir e compreender os casos (situações individuais específicas) que chegam ao Conselho Tutelar.

Cada caso é um caso e tem direito a um atendimento personalizado, que leve em conta suas particularidades e procure encaminhar soluções adequadas às suas reais necessidades.

Vale sempre à pena destacar: o Conselho Tutelar, assim como o Juiz, aplica medidas aos casos que atende, mas não executa essas medidas. As medidas de proteção aplicadas pelo Conselho Tutelar são para que outros (poder público, famílias, sociedade) as executem. O atendimento do Conselho é de primeira linha, tem o sentido de garantir e promover direitos.

Para dar conta desse trabalho, que é a rotina diária de um Conselho Tutelar, o conselheiro precisa conhecer e saber aplicar uma metodologia de atendimento social de casos.

Para melhor compreensão da metodologia de atendimento social de casos, suas principais etapas serão detalhadas a seguir, com ênfase na postura que o conselheiro tutelar deve assumir no processo de atendimento




Espalhe esta matéria para seus amigos no facebook, twitter ou orkut! @Desterro_1 +Dário Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante para o blog.

BALDO

test banner