GRAVE: Vereador de Teixeira 'ensina desviar' verba federal; ouça o áudio - Desterro1

ÚLTIMAS

Desterro1

O Blog numero 1 de Desterro.

Publicidade e Propaganda

test banner

PUBLICIDADE CAPA 2 - DESTERRO

test banner

ANUNCIO INTERNO 1

PUBLICIDADE test banner

27 de mai. de 2014

GRAVE: Vereador de Teixeira 'ensina desviar' verba federal; ouça o áudio

Onde está o Ministério Público Federal (MPF)? Onde está a Controladoria Geral da União (CGU)? Onde estão os órgãos fiscalizadores dos desmandos políticos? Seria a cidade de Teixeira, no interior do Sertão da Paraíba, uma terra de cão sem dono? Uma terra sem leis? Onde os políticos fazem o que querem com as verbais federais destinadas aos municípios? É no mínimo ultrajante as declarações do vereador do Partido Republicano, Assis de Catanduba.

Não é possível que apenas um vereador tenha supostamente poder para desviar verbas ao seu bel prazer, sem que ninguém saiba. E, se sabe e não denuncia, comete o crime de prevaricação e omissão. No áudio recebido por este blog, fica evidente que possa existir uma “gang”. Fica mais evidente ainda, que deve existir, em Teixeira, um grande “esquema de corrupção envolvendo parlamentares federais, prefeito e ex-prefeitos municipais e empresários que, com a manifesta intenção de desviarem verbas públicas federais, utilizam um mesmo modus operandi”.

O vereador Assis de Catanduba declara no áudio que não se deve pegar verbas do Fundeb ou da Saúde porque arrisca “cair do cavalo”, mas com relação ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), ele garante que não tem problemas, porque é do prefeito, podendo ser feito o que quiser com a verba. “Num pegue uma raspa do Fundeb ou da Saúde não que você cai do cavalo, mas do FPM, FPM é do prefeito rapaz, tu faz o que tu quiser”, disse

O vereador diz ainda que em seis meses ao lado do atual prefeito de Teixeira, Edmilson Alves do Reis (Nego de Guri) do PMDB, é 10 vezes melhor que o governo de Venceslau. O parlamentar faz revelações inescrupulosas. Ele diz que pagou várias contas particulares do grupo político a que era vinculado antes e que não mandava em nada, mas que agora manda em tudo e que em pouco tempo, já recuperou tudo que gastou na gestão anterior.

Para entender melhor todo o diálogo do vereador, ouça o áudio abaixo e tire suas próprias conclusões:



Com Simone Duarte

Siga o Desterro1 no Twitter e Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante para o blog.

ANUNCIO INTERNO 2

test banner