Desterro PB onde tudo pode e muito se perde. Não deixe o Rio Morrer! - Desterro1

ÚLTIMAS

Desterro1

O Blog numero 1 de Desterro.

Publicidade e Propaganda

test banner

PUBLICIDADE CAPA 2 - DESTERRO

test banner

ANUNCIO INTERNO 1

PUBLICIDADE test banner

11 de set de 2019

Desterro PB onde tudo pode e muito se perde. Não deixe o Rio Morrer!

A cidade de Desterro irá completar seus 60 anos entrará no hall das cidade mais idosas, com cerca de 8.300 habitantes ela vai crescendo a cada dia e esse numero se multiplica. 

O município está localizado no médio sertão paraibano e na sua localização privilegiada em cima do planalto da Borborema encontra-se no centro da cidade dois rios, um Rio dos Porcos e Riacho Desterro, ambos afluentes do Rio Taperoá, consequentemente Rio Paraíba. 

Com o crescimento da cidade ao entorno dos rios a água que era solução acabou por se tornar o problema, pois aumentou-se o processo contaminação, poluição e degradação das margens desses afluentes. Em tempos passados eles eram perenes população podia usufruir da água com segurança, sem medo de se contaminar. 

Depois de décadas de grandes secas, na década de 1990 foi construído o Açude Jeremias e na sequencia o sistema adutor para toda a cidade, assim a população deixou de precisar da água dos poços e cacimbas e passou a ter água em suas casas. 

Com isso a população e a administração publica deixou de ver os Rios como essenciais a vida daquele povo e passou-se a jogar esgoto desmatar margens, etc.

De 2011 a 2017 desterro viveu um queda grande no manancial do açude Jeremias e teve que racionar e até mesmo recorrer aos poços antigos, o rio tem água armazenada em vários pontos, mas imprópria para o consumo humano, ainda como se não bastasse vem o processo de devastação das margens do Rio, para se construir casas ou até mesmo por apenas desmate. 

No ano de 2018, mais um manancial para abastecer a cidade foi inaugurado desta vez no Distrito de Tataíra, um dos grandes afetados pelas estiagens de 2011 a 2017, novamente temos mais um grande manancial, mas esquecemos de cuidar dos nossos Rios.

Que outros 6 anos de secas não sejam necessários para aprendermos cuidar do que é nosso. 




Redação Desterro1

Um comentário:

  1. Assunto bem pertinente umas máquins vieram proximo a ponte e fizeram meio mundo de buracos tirando terra bem dizer dentro do rio e cadê o ibama e as leis de proteção das margens de rios.
    Na rua mesmo construíram casas bem dizer dentro do rio! E o esgoto de desterro todo jogado dentro.
    Faz as coisas sem planejar!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante para o blog.

ANUNCIO INTERNO 2

test banner