Mostrando postagens com marcador Segurança. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Segurança. Mostrar todas as postagens

19 de set de 2017

Ricardo entrega sistema de radiocomunicação digital para forças de segurança

| |
0 comentários

Sistema digital é composto por softwares e rádios

O governador Ricardo Coutinho (PSB) entrega, nesta terça-feira (19), às 10h00, a segunda etapa da implantação do sistema de radiocomunicação digital para as forças de segurança na região de Campina Grande, abrangendo 30 municípios. 

A rede de rádio digital já está em operação na região da Grande João Pessoa e deverá cobrir todo o estado da Paraíba até o final do ano, com comunicação integrada de todas as forças de urgência, ampla cobertura e mais segurança à população.

O sistema digital é composto por softwares e rádios (hand talks), além de outros equipamentos modernos e de última geração (Sistema Tetra) utilizados em países da Europa.

Na mesma solenidade, o governador também assina decreto para criação do 15º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Esperança, e criação da 22ª Área Integrada de Segurança Pública, em Campina Grande.

Da Redação
Leia tudo

2 de set de 2017

Vídeo Completo de Audiência sobre Segurança Publica em Desterro

| |
1 comentários

A Audiência Publica ocorreu nessa Sexta-feira 01 de Setembro de 2017 na Cidade de Desterro-PB, com o tema segurança Pública. 


Esteve presente o Capitão Lima da 4ª CIA de Polícia da Cidade de Teixeira, o Prefeito da Cidade Sinhor e Demais autoridades do Município. 

A população lotou o espaço do Centro do Idoso a fim de tentar buscar soluções para o grande problema da segurança pública na cidade. 

ABAIXO O VÍDEO NA INTEGRA DE TODA AUDIÊNCIA E A REPORTAGEM DE OLAVO SILVA SOBRE O DIA DE ONTEM.


Redação Desterro1
Vídeo: Dário Cardoso

Foi realizada na tarde dessa sexta feira dia 1 de setembro na cidade de Desterro no sertão paraibano, uma audiência pública envolvendo a administração municipal, Polícia Militar, assessoria jurídica, sociedade civil organizada, os vereadores da situação, imprensa local e regional além de interessados no tema sobre segurança pública.

O evento aconteceu no Centro de Convivência do Idoso com mais de duas horas de duração. O prefeito Valtécio de Almeida (Sinhô) abriu os trabalhos, exaltando a organização do encontro e a participação popular, bem como a importância da parceria firmada pelo município de Desterro com a 4ª Companhia de Polícia de Teixeira, na pessoa do Capitão Lima Filho, que presidiu os trabalhos na sequência.

Segundo o gestor, a iniciativa surgiu das constantes reclamações dos moradores e comerciantes, assim como da necessidade de se dar uma resposta satisfatória a sociedade que convive diariamente com a insegurança e o medo de serem roubadas por conta da violência que se instalou não só na cidade, mas também em todo o país de forma descontrolada, o que precisa ser combatida com ações urgentes.

Os discursos das autoridades e cidadãos desterrenses foram no sentido de cobrar mais empenho e reforço do efetivo nas pequenas cidades do interior que sofrem com o número reduzido de policiais que precisam passar confiança e a sensação de segurança para a sociedade, somente assim, eles acreditam no combate à criminalidade que vem acontecendo de forma assustadora na região, tirando a paz e a tranquilidade de comerciantes e das famílias de bem.

A onda de violência que vem acontecendo em Desterro nas últimas semanas, é inadmissível para uma população estimada em mais de 8 mil habitantes que fica refém de meia dúzia de marginais que agem de forma covarde. Os moradores também defendem a instalação de câmeras de monitoramento em pontos estratégicos da cidade e mais abordagens das tropas armadas em bares e ruas.

Os participantes indagaram o Capitão quanto a não obrigatoriedade do uso do capacete por motociclistas, apesar de ser uma determinação federal. Já o pastor Neto de uma igreja evangélica relatou que o templo o qual ele representa sofreu diversos furtos ao longo dos últimos 7 anos e lamentou a desestruturação familiar alegando ser um dos fatores agravantes da crise de valores que afeta a humanidade.

O líder espiritual sugeriu a implantação da guarda municipal na cidade e destacou os projetos sociais que vem desenvolvendo com as crianças no sentido de inclusão social através da instituição religiosa, em parceria com Gledson do Conselho Tutelar e destacou a escolinha de futebol, a evangelização de jovens e outras ações de cidadania.

O assessor jurídico da prefeitura, Doutor Wilson Lacerda, reconhece que a falta de oportunidades para os jovens, a ausência ou ineficiência das políticas públicas de segurança, saúde educação, cultura, lazer, emprego e renda e outras formas de incentivos, prejudicam o convívio social dos indivíduos, além da desestrutura familiar somados ao fator drogas que contribuem negativamente com a marginalidade, não que essas condições sejam as regras básicas para justificar as delinquências.

O professor Cícero Cassimiro, se disse surpreso com a grande quantidade de pessoas presentes no evento que o classificou como positivo, ele falou da sua indignação de ver seu povo acuado com medo da violência e não poder ir de moto nem portando o celular em certos ambientes como: a escola, o mercado, a praça, a casa do vizinho ou até mesmo a igreja, pois correm o risco de ter seus bens roubados pelos ladrões.

O educador ressaltou a importância da cobertura jornalística e destacou o papel social das mídias pela ampla cobertura do evento, no tocante a prestação de serviços de utilidade pública para outras localidades e estados brasileiros por meio de suas transmissões de informações. Cassimiro criticou as formas politiqueiras que alguns cidadãos recorrem e defendeu o debate produtivo de ideias entre as classes.

Lima Filho fez referência à falta de limites das pessoas, levando em conta que todos os indivíduos precisam se adequar as regras sociais estabelecidas pelo sistema e se mostrou preocupado com o individualismo humano, acentuados pela ganância, ele também falou da fragilidade das leis brasileiras, do esfacelamento da sociedade, da migração dos criminosos para as cidades do interior pelas supostas facilidades e reforçou o trabalho das tropas no combate a criminalidade por meio de um trabalho de planejamento estratégico com a participação da sociedade que podem denunciar os crimes anonimamente.

EXPLANAÇÕES DO CAPITÃO LIMA FILHO DA 4ª CIA DE POLÍCIA MILITAR DE TEIXEIRA PB
O palestrante afirmou que a situação em Desterro é preocupante e que a mobilização dos moradores e autoridade competentes foi fundamental, mas que precisam ser colocadas em prática as reivindicações. O comandante garantiu ainda que pretende colocar o município em ordem no patamar de cidade tranquila, mas para isso precisa contar com a população.

“A sociedade é a maior parceira da polícia no combate a os índices de criminalidade, pois são os moradores quem conhece cada beco e viela de sua cidade, sabe quem é cada vizinho, o que eles fazem com que trabalham, com quem se envolve, é vocês quem sabe onde está o problema. Quem esconde o errado é conivente com os criminosos”, pontuou o Capitão.

Um comerciante que teve sua loja roubada recentemente por dois criminosos falou do trauma e dos prejuízos ao seu estabelecimento, atribuindo o aumento da criminalidade ao uso do capacete, segundo o lojista, foram feitos todos os procedimentos recomendados pela justiça e o inquérito já está com o Delegado, porém no seu entendimento, ele ainda não obteve uma resposta satisfatória por causa de questões burocráticas.

Quanto a o uso do capacete, Lima Filho disse que não dispõem de meios legais para interferir numa lei federal e que a retirada do item de segurança não acaba com a criminalidade, pelo contrário, o bandido pode recorrer a outros artifícios como capuz, toca ninja, óculos escuros, camisa para cobrir o rosto e máscara. O Capitão lembrou-se das facilidades do celular que se popularizou e se tornou um recurso fundamental para os bandidos aperfeiçoarem seus crimes, no que se refere a roubos, transmissão de informações da vítima ou aplicar golpes diversos.

O Capitão reconhece a necessidade da contratação de mais policiais para o estado, na ocasião ele repassou algumas dicas de como as pessoas devem se proteger das investidas dos marginais, e finalizou "Não sacar altas quantias, desconfiar de estranhos e suspeitos, evitar transitar sozinho em lugares escuros e afastados de residências, não expor objetos de valores do tipo joias, relógios, celulares, não se distrair ao celular, fechar bem as portas de casa ou do carro, travar a moto, não guardar dinheiro em casa, pois quem faz isso está procurando a morte, pois o bandido é covarde e anda procurando a quem atacar e se encontrar fácil é o que ele quer, finalizou".



Por: Olavo Silva


Leia tudo

1 de set de 2017

AO VIVO: Audiência sobre Segurança Publica em Desterro

| |
0 comentários
Estamos ao vivo para cidade de Desterro - PB, através do Youtube, trazendo todas as informações da Audiência Publica sobre Segurança Publica.


Acompanhe aqui!



Um Oferecimento da:


Desterro1 - O Seu Portal de Notícia


Dário Cardoso Filmagens

Redação Desterro1
Leia tudo

30 de ago de 2017

Audiência Publica sobre Segurança Pública e o uso do Capacete em Desterro

| |
0 comentários

Ocorre nesta Sexta-Feira 01 de Setembro, a partir das 16:00 horas no Centro de Convivência do Idoso, em Desterro uma Audiência Pública para tratar sobre o tema mais polêmico desse mês de Agosto na cidade.


A Prefeitura Municipal de Desterro junto com a 4ª Companhia de Polícia Militar da Cidade de Teixeira PB estarão promovendo essa importante discussão acerca do auto índice de criminalidade  registrado.

Segurança publica e o Uso do Capacete são o centro do debate dessa Sexta 01/09/2017 nesse importante evento. Essa audiência se dá em um momento em que muitos assaltos vem sendo realizado na Cidade de Desterro.

Só nesse mês de Agosto foram registrados 9 assaltos.

O tema foi colocado em discussão na Câmara Municipal na sessão ordinária do dia 26/08 quando a Vereadora Núbia Rejane fez requerimento para que fosse requerido aos órgãos competentes uma solução acerca desse tema, ela informou que em cacimbas até projeto de lei está sendo feito acerca do tema e que é de intersse de todos os vereadores a solução para o problema.

Por questão de jurisprudência da lei o Presidente da Câmara Vamberto Leite informou que a Câmara de Vereadores não legisla sobre uma lei federal e que esse problema do uso do capacete tem que ser debatido com as polícias, ministério publico, com a justiça e a população para que se pudesse tomar uma medida que seja de comum acordo entre estes. 

Com isso a prefeito de Sinhor convidou a 4ª CIA da PM, para esse debate, hoje a tarde às 16:00horas e o convite está circulado nas redes sociais e nos meios de comunicação, convidando a população para discutir com a polícia militar.


Redação Desterro1
Leia tudo

12 de ago de 2017

Conselho Tutelar e Escola Cassimira Leite traçam metas

| |
0 comentários

O Conselho Tutelar de Desterro esteve hoje, dia 11/08, em reunião com o Gestor Educacional da Escola Cassimira Leite Montenegro, o sr. Genildo Marinho.



O objetivo do encontro foi traçar metas para melhor atender os casos em que precise intervenção do Conselho.


Isso ajuda  a melhorar convivência escolar, garantindo a estabilidade do mesmo no ambiente educacional, a sua garantia intelectual e o respeito para com os funcionários e todo o corpo docente envolvido "Disse" o Conselho Tutelar, em sua Página no Facebook.

Redação Desterro1
Leia tudo

25 de set de 2014

Sead afirma que é inverídica e irresponsável a acusação de superfaturamento feita pelo Cássio

| |
0 comentários
NOTA
 
A Secretaria de Estado da Administração (Sead), em caráter institucional, afirma que é completamente inverídica e lamentavelmente irresponsável a acusação de superfaturamento feita pelo senador da República, Cássio Cunha Lima, no processo de aquisição de helicóptero pelo Governo do Estado para servir as forças de segurança da Paraíba. Neste sentido, a Sead destaca que:

1- O referido processo de compra da aeronave, modelo Esquilo B, dotada de toda tecnologia e estrutura necessárias para o pleno atendimento de suas funções, resultante do Pregão Presencial 037/2013, foi referendado pelo Tribunal de Contas do Estado, que auditou a licitação, após receber denúncia anônima, e afastou qualquer irregularidade na aquisição do equipamento, determinando o arquivamento da acusação, conforme pode atestar o processo 104017/2013;

2- Na decisão, o conselheiro André Carlos Torres, oriundo do Ministério Público junto ao Tribunal, destacou que a aquisição não apresentou indicativo algum de irregularidade, atestando aos critérios de competitividade da licitação, bem como afastando a tese de superfaturamento;

3- O TCE apontou que o valor final do helicóptero adquirido pelo Governo do Estado não pode ser comparado com o valor de uma aeronave, como tem sido feito irresponsavelmente, sem que se leve em consideração a inclusão de despesas com importação, pelas quais, por Lei, o licitante é responsável por todas as taxas de seguro, transporte, e outros encargos até a entrega do produto;

4- Além disso, o helicóptero adquirido pelo Governo do Estado, denominado de Acauã, que já corta os ares da Paraíba pronto para ações policiamento, salvamento e repressão ao crime, foi completamente adaptando recebendo a tecnologia digital e estrutura necessárias para o pleno atendimento de suas funções com segurança e eficiência, possuindo expressa autorização da Agência Nacional da Aviação Civil e demais órgãos competentes para ser usado com a finalidade proposta, atendendo a todos os critérios de segurança impostos pela legislação em vigor;

Com uma volumosa lista de investimentos na estrutura física, o que compreende reformas em delegacias, construção de novas centrais de polícia, novos institutos de polícia científica e academia de formação de policiais, além de viaturas, armamentos e equipamentos de segurança, o Governo do Estado lamenta que o processo eleitoral contamine o comportamento de quem deveria estar comemorando a chegada de mais um instrumento de combate ao crime, reforçando o trabalho de homens e mulheres que compõem as polícias deste Estado e apontando para o avanço da segurança pública na Paraíba. Vamos continuar intransigentes na luta dos direitos do cidadão paraibano, trabalhando para adquirir outros helicópteros e equipamentos de segurança necessários para a constante evolução da luta contra a criminalidade neste Estado.
 
 
Informação da SecomPB
Leia tudo