“MULHER. MAIS PODER, SEM VIOLÊNCIA” MARCA CAMINHADA EM HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER - Desterro1

ÚLTIMAS

Desterro1

O Blog numero 1 de Desterro.

Publicidade e Propaganda

test banner

PUBLICIDADE CAPA 2 - DESTERRO

test banner

ANUNCIO INTERNO 1

PUBLICIDADE test banner

8 de mar. de 2018

“MULHER. MAIS PODER, SEM VIOLÊNCIA” MARCA CAMINHADA EM HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

A Ação Social Diocesana de Patos (ASDP), participou na manhã desta quinta-feira, 08 de março, junto a diversas entidades, da caminhada em alusão ao Dia Internacional da Mulher, em Patos-PB.

A caminhada teve início às 8h00, partindo da Sede do SINFEMP, com paradas na igreja Catedral de Nossa Senhora Da guia e Prefeitura Municipal, terminando o percurso na Praça Getúlio Vargas, onde tiveram diversas apresentações culturais e reivindicações.  

O Bispo Diocesano de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, participou da caminhada e falou sobre a importância do evento, onde chamou atenção da sociedade sobre a questão da violência sofrida pelas mulheres, tendo em vista que a Igreja Católica tem como tema da Campanha da Fraternidade de 2018 a “Superação da Violência”.

Mãe Adriana, do Movimento Mulheres de Axé, falou que o evento deu voz a todas as mulheres que foram mártires.

“É um momento de suma importância, pois, durante muito tempo, as mulheres sendo de candomblé ou não, sofreram e a voz nunca foi dada. Elas sempre sofreram em silencio e hoje pode presenciar esse momento tão importante, onde a gente pode, de fato, expressar e ter apoio”, disse.

Mae Adriana aproveitou para falar sobre as atividades do Movimento Axé.

“O nosso trabalho é justamente o de acolhimento, independente da religião, nós mulheres do Axé, devemos acolher, dar a base, o conselho e a orientação. Estamos sempre ao lado delas na luta do cotidiano”, ressaltou.

Representando o Conselho Municipal da Mulher, Pastora Joana também declarou sobre a importância do evento e dos direitos das mulheres.

“Eu encaro com grande alegria, porque nós percebemos a cada dia que as mulheres vêm sendo conscientizadas dos seus direitos, e como elas podem contar com o respeito a esses direitos conquistados”, falou.

A jovem Monica, representando a comunidade quilombola de Serra feia, disse que ocupar esses espaços traz mais fortalecimento as comunidades.

“Hoje é muito importante estarmos ocupando esse espaço, pois, nós temos muito a oferecer, como mulher, como mãe. Temos muitos a oferecer. E poderíamos ter mais igualdade”, destacou.

Após a caminhada, representantes das entidades participaram de uma roda de diálogo na sede da Ação Social Diocesana de Patos, onde puderam relatar sobre suas lutas e história de vida. Foram apresentados alguns vídeos em homenagem a mulher, finalizando com um almoço. 

Representando a ASDP, participaram do momento o coordenador do Programa de Promoção e Ação Comunitária (PROPAC), Irenaldo Pereira de Araújo, os educadores sociais de campo, Lielma Xavier, Júnior Leite e Ancelmo Dantas, a comunicadora popular, Palloma Pires e a colaboradora Natália.



Palloma Pires
Assessora de Comunicação - ASDP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante para o blog.

BALDO

test banner