URGENTE;Em Desterro 10.000 litros de gasolina são utilizados pela prefeitura sem frota escolar estar funcionando, inexplicável - Desterro1

ÚLTIMAS

Desterro1

O Blog numero 1 de Desterro.

Publicidade e Propaganda

test banner

PUBLICIDADE CAPA 2 - DESTERRO

test banner

ANUNCIO INTERNO 1

PUBLICIDADE test banner

8 de fev. de 2017

URGENTE;Em Desterro 10.000 litros de gasolina são utilizados pela prefeitura sem frota escolar estar funcionando, inexplicável

    O município de Desterro apenas no mês de janeiro do Prefeito eleito Dilson de Almeida(DIDI) atualmente afastado sem explicações reais, no qual o prefeito interino Valtecio de Almeida, gastou em combustível R$ 38.190,00 (Trinta e oito mil Cento e noventa reais), valor esse que daria para comprar gasolina para dar duas voltas e meia em volta da terra.



Entenda os cálculos:



 Clique e veja
Print de Extrato 
Mesmo comprando gasolina mais cara que é de R$ 3,80, esse valor daria para comprar aproximadamente 10.000 litros de gasolina. Um carro faz em média 10 Km com 1 litro de gasolina, o que daria para rodar aproximadamente 100.000 Km, distancia essa que seria equivalente a duas voltas e meia no planeta terra já que a distância de uma volta é de 40.000 Km.


   Ainda segundo o site da prefeitura municipal de Desterro a frota escolar ainda não estar transitando, a mesma e única que seria um motivo cabível para tamanha "gastança" do dinheiro público com grandes quantidades de gasolina. As aulas ainda estão programadas para começar na próxima semana.

   Cabe resaltar a falta de transparência da atual gestão onde segundo a população à atual primeira dama, também acumula o cargo de Secretária de finanças do município de Desterro-PB, assim se realmente for uma informação verídica de fato e constatada em documentos o caso relatado cabe e equivale a um crime de nepotismo, ou essa seria mais uma brecha da nossa constituição??? Mas por o atual prefeito INTERINO ser advogado espera-se que ele esteja com tudo dentro da lei e dos conformes.
   A Súmula Vinculante n° 13 nasceu do reiterado entendimento do STF acerca da inconstitucionalidade da nomeação de parentes da autoridade nomeante ou de servidor, da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, por violar os princípios da moralidade, da igualdade e da impessoalidade, insculpidos no art. 37, da CF/88.


Deixamos aberto o Desterro1 para esclarecimentos nescessários. 


Fonte: http://www.porttalinteracao.net/2017/02/a-prefeitura-de-desterro-consumiu-em.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante para o blog.

BALDO

test banner